Lembrado no mundo todo, o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, não poderia ter sido esquecido no Recife e está recheado de atrações por toda a cidade. Com início às 8h, I Festival de Hip Hop pela não violência contra a mulher promete 24h de festa com shows, paletras e discussões divididos entre a Pracinha do Diario, no bairro de Santo Antônio, e a Escola Sizenando Silveira, em Santo Amaro.

O projeto Samba do Bambas e Mestres, a partir do meio dia, no Mercado da Encruzilhada, também entra nos festejos e distribuirá rosas vermelhas para o público feminino. O show fica por conta do D’breck, com entrada franca. A festa é promovida pela Secretaria de Turismo do Recife.

Em Olinda, em frente à prefeitura, no Sítio Histórico da cidade, acontece o Encontro de Comadres. A segunda edição do show-homenagem reúne, a partir das 18h, mulheres artistas como Aurinha do Coco, Nena Queiroga, Dj Lala K, grupo Choro Brasil e Alessandra Leão.

Exposição – O Shopping Tacaruna abre uma exposição de fotografias de 12 personalidades femininas com destaque em diversas áreas de atuação. A mostra acontece na Praça de Eventos do centro de compras.

Além das fotos, de Renato Filho, as pessoas podem conferir painéis com textos contando a trajetória de cada uma das homenageadas, escolhidas por uma comissão composta por formadores de opinião. A mostra vai até o próximo dia 23.

Sem mais artigos