O documentário Personal Che ficou em terceiro lugar em ingressos por cópia no Brasil, durante sua semana de estréia, segundo dados do site Filme B. Com 753 ingressos por cópia, ficou atrás apenas de Fim dos Tempos (com 1.166) e O Incrível Hulk (com 783), batendo, entre outros, o drama histórico A Outra, Sex & The City e Indiana Jones No Reino da Caveira de Cristal. É também o único documentário entre os 20 mais assistidos.

“Foi uma surpresa enorme, não esperávamos essa repercussão. O filme teve um lançamento muito pequeno, em apenas uma sala no Rio de Janeiro, e mesmo assim chegamos perto do Hulk, que está em 400 salas. Ainda que a gente esteja em vigésimo em números absolutos, acho que prova que Che é tão super-herói quanto o Hulk e sua campanha colossal de marketing”, disse o diretor Douglas Duarte.

Na sua segunda semana, o documentário passará de uma sala, no Rio de Janeiro, para cinco salas, no Rio e em São Paulo. Dirigido pelo brasileiro Douglas Duarte e a colombiana Adriana Mariño, Personal Chefala sobre diversas reinvenções do mito de Che Guevara. Gravado em quatro continentes, o filme mostra Che como santo milagreiro, ídolo neonazista, produto, herói e terrorista, entre outras facetas. O documentário, selecionado para o Festival do Rio e a Mostra de São Paulo, é produzido pela Skyview Media e distribuído pela Filmes do Estação. Não há previsão de estréia no Recife.


Trailer Personal Che from Douglas Duarte on Vimeo.

Sem mais artigos