PREPARANDO O SALTO
Siba refaz imagem de si mesmo e aparece ainda mais pop no lançamento do seu novo disco, Avante

Por Paulo Floro

O cantor Siba consagrou seu reboot na noite desse sábado (28), no Recife Antigo, com a apresentação do seu novo e elogiado diso, Avante. Na prática, trata-se de seu trabalho solo, sem sua banda, a Fuloresta do Samba. O que vimos foi um artista renascer com uma proposta incrivelmente pop, sem que para isso tenha abandonado suas raízes fincadas na poesia da Zona da Mata de Pernambuco.

No palco, Siba também parecia diferente. Seu show agora tem mais vigor, um frescor de novidade que parece que estamos vendo outra pessoa. Ouvi alguém até dizer: “onde está seu chapéu? Nem parece ele”. Desafiar esse lugar-comum com que todos estavam acostumados é um dos maiores trunfos do cantor, que mostrou-se bastante confortável em sua nova fase.

E que fase. Seu disco Avante remete automaticamente aos seus melhores momentos com suas bandas anteriores, a Fuloresta do Samba, e mais antiga, o Mestre Ambrósio. As imagens que emanam de suas letras tem muito das referências que usou na sua formação musical, como a ciranda, o coco, a criatividade do homem simples do interior. Mas, Avante também é pop e quer falar de amor, de coisas simples do cotidiano. Tudo embalado pelo timbre firme de Siba, como quem declama poemas.

O show de ontem começou com um curta-metragem sobre o processo de gravação do álbum, que mostrou o cantor em São Paulo durante os ensaios e também na Zona da Mata. Em certo momento, Siba diz que precisava mudar a imagem que tinha feito de si mesmo. Essa re-invenção mostrou-se muito bem em disco, e agora também no palco. Carismático, ele caiu nas graças da plateia até quando errou a letra.

“Avante”, com sua letra meio concretista parecia mais pesada ao vivo. Outros bons momentos foram “Canoa Furada”, cantada por boa parte das pessoas e “Preparando o Salto”. Candidata a hit do disco, “Ariana” empolgou todo mundo que estava numa rua da Moeda já bem apertada naquele momento. Com uma trajetória longa na música pernambucana, podemos dizer que o cantor está no seu melhor momento. Bom recomeço, Siba.

Fotos gentilmente cedidas por Nilton Pereira.

Sem mais artigos