Grey Gardens, com o passar dos anos tornou-se clássico cult (e gay) (Divulgação)

, com o passar dos anos tornou-se clássico cult (e gay) (Divulgação)

O montador, esse solitário. A mostra de Montagem estreia nesta terça (6) na Caixa Cultural e vai até o dia 17 de agosto com filmes clássicos de vários países. A ideia é debater a importância do ofício na obra cinematográfica.

O longa de abertura, o brasileiro Limite (1930) traz uma linguagem original, sem uma história linear e com uma montagem que desnorteia o espectador. Dirigido por , o filme é fetiche para amantes da experimentação na tela. A mostra traz ainda ótima oportunidade de assistir Grey Gardens, documentário de 1974 que mostra a relação doentia entre duas socialites, mãe e filha, em uma mansão decadente. O filme tornou-se clássico cult e gay com o passar dos anos pela sua relevância estética e histórica (sem falar da personalidade marcante das estrelas do doc, Edith “Little Edie” Beale e Edith “Big Edie” Beale).

A mostra traz ainda , de Glauber Rocha (1980), uma viagem que reconta a história dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse. O encerramento será com outros dois clássicos, Outubro, de Sergei Eisenstein, de 1928, na sexta (16) e Eu Te Amo, Eu Te Amo (1968), de Alain Resnais.

Os ingressos custam R$ 2 e R$ 1.

Cena de Histoires Du Cinema (Divulgação)

Cena de Histoires Du Cinema (Divulgação)

Idade da Terra, de Glauber Rocha, vai passar na mostra (Divulgação)

Idade da Terra, de , vai passar na mostra (Divulgação)

Veja a programação completa:

Dia 06 – Terça-Feira
18h30h – , de Mário Peixoto | Ficção | 120min | Brasil | 1931. Classificação Indicativa: Livre. Duas mulheres e um homem relembram os acontecimentos que os levaram ao barco perdido na imensidão do mar.

Dia 07 – Quarta-Feira
15h30– A Idade da Terra, de Glauber Rocha | Ficção | 148min | Brasil | 1980. Classificação Indicativa: 18 anos. “Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse ressuscitam o Cristo no Terceiro Mundo, recontando o mito através dos quatro Evangelistas: Mateus, Marcos, Lucas e João, cuja identidade é revelada no filme quase como um Terceiro Testamento.” Glauber Rocha

18h30h  – mesa de debate

Dia 08 – Quinta-Feira
16h – Grey Gardens, de Albert Maysles, David Maysles, Ellen Hovde e Muffie Meyer| Documentário | 95min | EUA | 1974. Classificação Indicativa: Livre. Mãe e filha vivem há vinte anos em condições insalubres numa mansão decadente.

18h30 – Palestra Karen Harley

Dia 09 – Sexta-Feira
16h – A Conversação (The Conversation), de Francis Ford Coppola | Ficção | 113min | EUA | 1974. Classificação Indicativa: 14 anos. Um solitário e paranoico especialista em vigilância, torna-se vítima da mesma moderna tecnologia que usa para destruir os outros.

18h30- Elegia a Alexandre (Le Tombeau D’Alexandre), de Chris Marker | Documentário | 120min | França | 1993. Classificação Indicativa: 10 anos. O tributo pessoal ao cineasta soviético Alexander Medvedkin é o ponto de partida para uma meditação sobre a história da extinta União Soviética.

Dia 10 – Sábado
16h – Videograma de uma Revolução (Videogramme Einer Revolution), de Harun Farocki e Andrei Ujica Ujica | Documentário | 106min | Alemanha | 1992. Classificação Indicativa: 12 anos. Revisão historiográfica da revolução Romena em 1989, construída a partir dos arquivos da televisão local e de imagens amadoras.

18h30 – O Cremador (Spalovac Mrtvol), de Juraj Herz | Ficção | 95min | Tchecoslováquia | 1969

Classificação Indicativa: 16 anos. Cremador na Tchecoslováquia, no final dos anos 1930, é gradualmente convencido que deveria privilegiar suas origens germânicas para ter mais êxito na vida e trabalho.

Dia 13 – Terça-Feira
15h30 – História(s) do Cinema (Histoire(s) Du Cinéma), de Jean-Luc Godard | Documentário | 264min | França e Suíça | 1988 a 1998. Classificação Indicativa: 16 anos. Dividido em quatro partes, cada uma composta por dois episódios. São um ensaio pessoal e épico sobre o Cinema feito com os meios do Cinema, a sua História e interpretação, sua elegia e crítica.

Dia 14 – Quarta-Feira
16h – O Signo do Caos, de Rogério Sganzerla
| Ficção | 80min | Brasil | 2003. Classificação Indicativa: Livre. Chega na alfândega do RJ carga cinematográfica para ser analisada pelo serviço de do governo. O analista é o Dr. Amnésio, que impõe sua falta de ideias aos funcionários, que se divertem mutilando um material considerado realista demais.

18h30 – Filme é. uma Garota e uma arma (Film Is A Girl & A Gun), de Gustav Deutsch | Documentário | 93min | Áustria e Alemanha | 2009. Classificação Indicativa: 12 anos.Fragmentos de filmes, da primeira metade da história do cinema, foram pesquisados e reagrupados em sequências de imagens e estórias para ressignificar o seu conteúdo original.

Dia 15 – Quinta-Feira
16h – Encurralado (Duel), de Steven Spielberg | Ficção | 90min | EUA | 1971. Classificação Indicativa: 12 Anos “Aquele caminhoneiro está maluco, está tentando me matar, eu juro!” “Bom, senhor, se eu tivesse que escolher quem está louco aqui, eu apostaria no senhor.”

18h30 – O Gigante (Der Riese), de Micheal Klier | Documentário | 82min | Alemanha | 1983
Classificação Indicativa: 16 Anos. Videoensaio sinfônico composto inteiramente de materiais gerados por câmeras de vigilância instaladas em espaços públicos e privados.

Dia 16 – Sexta-Feira
16h – Outubro (Октябрь), de Sergei Eisenstein e Grigori Aleksandrov
|Ficção | 102min | União Soviética | 1928.Classificação Indicativa: 18 Anos. Versão metafórica, simbólica e comemorativa dos dez dias da Revolução Soviética de 1917.

18h30 – 71 Fragmentos de Uma Cronologia do Acaso (71 Fragmente Einer Chronologie Des Zufal), de Michael Haneke | Ficção | 95min | Áustria e Alemanha | 1994. Classificação Indicativa: 10 anos. Na noite de Natal de 1993 estudante de 19 anos mata várias pessoas.

Dia 17 – Sábado
16h – Sessão de Curtas – Total 85min. Classificação Indicativa: 16 anos

– O Filme Dela, de Bill Morrison | Experimental | 12min | EUA | 1996

– Alone.Life Wastes Andy Hardy, de Martin Arnold | Experimental | 14min | Áustria | 1998

– O Dedo, de Luís Miguel Correia | Ficção | 6min | Portugal | 2005

– Isto Não É Um Título, de Christian Caselli | Experimental | 6min | Brasil | 2005

– Cristal (Kristall), de Mathias Muller e Christoph Girardet | Experimental | 14min | Alemanha | 2006

– O Beijo (The Kiss), de Raphael Montañez Ortiz | Experimental | 6min | EUA | 1985

– …A Valparaiso, de Joris Ivens | Documentário | 27min | 1963

18h30 – Eu te amo, Eu te amo (Je T’Aime, Je T’Aime), de Alain Resnais | Ficção | 89min | França | 1968. Classificação Indicativa: 16 anos. Durante uma experiência científica, apenas testada em ratos, suicida fracassado revive o seu passado de forma paranoica e desordenada.

Sem mais artigos