Clássico esquecido de Mojica. (Divulgação).

Clássico esquecido de Mojica. (Divulgação).

Dois clássicos do cinema nacional serão exibidos neste final de semana no Recife, no Cinema da Fundação. Quando Os Deuses Adormecem, de José Mojica Marins (o Zé do Caixão), de 1972, e Elas Só Transam no Disco (1983), de Ary Fernandes. Ambos chegam com cópia restaurada feita pela Cinemateca Brasileira.

Quando Os Deuses Adormecem é uma dos mais raros filmes feitos por José Mojica Marins. Em tons surrealistas, nesta sequência de Finis Hominis (1971), Mojica tenta exorcizar seu próprio personagem, o Zé do Caixão. Já Elas Só Transam no Disco é um clássico de Ary Fernandes e conta com nomes como Ligia de Paula, Ivete Bonfá e Roberto Freitas no elenco. A trama mostra um advogado frustrado que investiga o aparecimento de um disco voador em São Paulo. Sua única testemunha ocular é uma travesti, que diz ainda ter visto um sujeito de mais de três metros de altura vestido de prata.

O filme, roteirizado por Ody Fraga, um dos mestres da Pornochanchada brasileira, é um exemplar de resistência do humor ingênuo de um gênero que em 1983 já vivia sob a ameaça dos filmes de sexo explícito no Brasil.

Os longas passam sábado (4). Quando Os Deuses Adormecem será exibido às 17h10 e Elas Só Transam no Disco, às 21h20. A entrada custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Sem mais artigos