O CORAJOSO RATINHO DESPEREAUX
Sam Fell e Robert Stevenhagen
[The Tale of Despereaux, ING / EUA , 2008]

Com estreia na última sexta-feira nos cinemas, o longa pega a carona no sucesso Ratatouille e traz como personagem principal o ratinho Despereaux (Matthew Broderick), um corajoso rato enviado para o calabouço por falar com um humano. O cenário é do reino encantado de Dor e as aventuras acontecem de forma paralela com outros dois persongans: Pea, uma princesa prisioneira em um castelo sombrio e Mig, uma garota que deseja ser princesa, mas é forçada a servir como carcereira. Este é o primeiro longa do estúdio de efeitos especiais Framestore, que já teve trabalhos em diversos blockbusters hollywodianos. A animação é uma adaptação do livro infantil de Kate DiCamillo, The Tale of Despereaux: Being the Story of a Mouse, a Princess, Some Soup, and a Spool of Thread. Para quem conseguir ver a versão legendada, vai conferir um elenco de primeira com Mattew Broderick e Ema Watson entre as estrelas das vozes. [LA]

NOTA: 7,0

ALMA DE CAMPEÃO
Craig Clyde
[The Derby Satallion, EUA, 2005]

Tendo como estrela principal Zac Efron, o astro de High School Musical, o filme conta a história do jovem Patrick McCardle, filho de um ex-jogador de beisebol, em um dilema sobre o que quer da vida até conhecer Houston Jones. Este é um treinador de cavalos solitário que apresenta seu mundo ao garoto para juntos, enfrentarem as dificuldades e desafios do treinamento dos animais e os ‘homens mals’ que vão tentar impedi-los. Um drama regular para assistir apenas em casa mesmo, pois no Brasil foi direto para DVD. [LA]

NOTA: 4,0

NA MIRA DO CHEFE
Martin McDonagh
[In Bruges, ING / BEL, 2008]

Indicado a três Globos de Ouro, o filme conta o drama de Harry (Ralph Fiennes), chefe dos matadores Ray (Colin Farrell) e Ken (Brendan Gleeson). Depois de um trabalho mal feito, o chefe manda seus capangas para Bruzelas. Lá, eles se metem em confusões com os moradores locais e turistas, alterando suas percepções sobre vida e morte. Uma lição de moral do filme: se você quer um trabalho bem feito, faça você mesmo. [LA]

NOTA: 6,0

Sem mais artigos