HELL
Bruno Chiche
[Hell, França, 2006]

Adaptação de um beste seller homônimo de Lolita Pille, este melodrama conta a história de Hell (Sara Forestier), uma jovem de 19 anos rica e com personalidade forte e por muitas vez repulsiva. Ao contrário do clássico Eu, Christiane F. – 13 Anos, Drogada e Prostituída…, mesmo tendo no enredo uma paixão decante igual a Christiane, no caso aqui é o garoto Andrea, Hell é rica e com muita grana para pagar suas noites de farra e drogas, decaindo cada vez mais na escala social e em sua vida particular. O longa tenta ser um retrato fiel da juventude decadente parisiense, causando além de desconforto uma sensação de tentativa de relatar “o real” maior que fazer um bom filme. Fica entre o meio termo dos dois. Por aqui, chegou apenas em DVD. [LA]

NOTA: 3,0

PECADOS INOCENTES
Tom Kalin
[Savage Grace, ESP/ EUA, 2007]

Baseado em uma história real de um livro homônimo, Pecados Inocentes traz a conturbada relação entre mãe e filho, Bárbara (Julianne Moore) e Tony (Eddie Redmayne). Visto como um fracassado aos olhos do pai, Tony, homossexual, cresce cheio de traumas até perceber que o problema não é ele, mas a relação doentia e puramente financeira entre os pais. Quando ele se vai, torna-se mais marido que filho da mãe que, na casa dos 50, não sabe o que fazer com a perda. A relação entre mãe e filho, com o Tony adulto interpretado pelo ator Eddie Redmayne, evolui de tal forma que culmina num incesto. Destaque para a atuação de Julianne Moore, impecável em seu papel de mulher comedida e discreta. [LA]

NOTA: 8,0

O APARTAMENTO
Gilles Mimouni
[L´Appartement, FRA/ ESP/ ITA, 1996]

Passeando por Tóquio, o francês Max (Vicent Cassel) encontra Lisa (Monica Bellucci) em um café. Não existe aí um “se conheceram”, já que ele se apaixona e a persegue até descobrir seu endereço sem nem ao menos trocar uma palavra com a mulher. Persegue a amada até seu apartamento, mas ao bater na porta confunde-a com sua amiga Alice (Romane Bohringer) e transa com ela. Além de um louco amor obsessivo à distância, Max acaba dormindo não apenas com a mulher errada, mas a namorada de um de seus melhores amigos. [LA]

NOTA: ??

Sem mais artigos