Foto: Divulgação.

Cena de Despertar dos Mortos. Foto: Divulgação.

O Cineclube Toca o Terror vai oferecer ao público pernambucano em abril o curso “História do Cinema de Horror” com o jornalista e pesquisador paulista Carlos Primati. O curso apresenta a trajetória do horror nas telas, desde sua origem, nos primórdios do cinema mudo, até os dias de hoje, com a constante transformação do gênero e seu papel como reflexo dos medos e angústias de diferentes épocas.

O curso ocorre entre os dias 15 e 18 de abril à noite no auditório do MAMAM – Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães com inscrições reembolsáveis no valor de R$ 50,00, sendo devolvido o valor integral para os que comparecerem à maioria das aulas. As reservas podem ser feitas online até o dia 12 de abril pelo site oficial. Ao final do curso será realizada uma sessão aberta ao público com a entrega de certificado aos participantes.

Durante quatro dias será traçado um panorama do cenário mundial do gênero horror com suas temáticas, tendências, técnicas e os atores, estúdios e diretores que fizeram parte da história. Primati vai analisar a importância da produção industrial de filmes de horror e sua popularidade, sendo este o gênero mais prolífico das últimas décadas.

Primati é jornalista e pesquisador de cinema de horror, responsável por um levantamento pioneiro do gênero no Brasil. Documentou a obra de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, e catalogou a história do horror brasileiro para mostras que passaram por diversas capitais brasileiras.

Sem mais artigos