Foto: Reprodução/Arteview.

Foto: Reprodução/Arteview.

O cineasta Eduardo Coutinho, 81 anos, teria sido morto pelo próprio filho em sua casa no bairro da Lagoa, no Rio de Janeiro. As informações são do jornal O Globo e o portal R7, citando fontes familiares.

Coutinho, autor de filmes como Jogo de Cena e Edifício Master, teria sido morto a facadas por seu filho, Daniel Coutinho, que sofre de esquizofrenia. Ele ainda tentou matar a mãe e a si mesmo, segundo o jornal. A mulher do documentarista estaria internada em estado grave no Hospital Municipal Miguel Couto, assim como Daniel, mas com ferimentos leves.

Depois de fazer clássicos como Cabra Marcado Para Morrer, Coutinho se firmou como documentarista de sucesso, incorporando técnicas de cinema e reportagem.

Mais informações devem ser dadas em instantes.

Sem mais artigos