A banda Os Sertões. (Divulgação).

A banda Os Sertões. (Divulgação).

O novo festival Caixa Sonora na Caixa Cultural Recife começa nesta terça (28) e vai até o dia 1º de novembro com nomes da música pop brasileira, do gênero infantil ao experimental.

Serão seis apresentações com um gênero de música por sessão, que serão realizadas de terça à sexta, às 20h, e no sábado (1º) às 16h e às 20h. Os ingressos a R$ 10 e R$ 5 (meia) serão vendidos a partir das 12h do dia 28 de outubro, exclusivamente na bilheteria da Caixa Cultural.

A abertura na terça (28), às 20h, traz novidades do pop contemporâneo e terá a banda Os Sertões, um dos nomes mais inventivos a surgir no cenário recifense, que se destaca por mostrar um Interior pernambucano cosmopolita. No mesmo dia o evento traz o cantor e compositor Tibério Azul, que surge como promessa do cenário atual.

O som experimental do Publius. (Foto: Divulgação).

O som experimental do Publius. (Foto: Divulgação).

Na quarta (29) sobem ao palco dois representantes da música instrumental, o compositor e arranjador Hugo Linns, e a banda Saracotia. A quinta-feira (30) será dedicada à música regional, com a apresentação dos cantores Tonino Arcoverde, que canta o regionalismo do homem do campo, e o músico piauiense Beto Brito, o místico do repente.

Na sexta (31), o palco será dedicado ao gênero Música Experimental, trazendo a sonoridade dos anos 70 com o grupo Publius e, na sequência, a banda Nume. Já no sábado (1), último dia, o Caixa Sonora encerra com shows a partir das 16h, voltados ao público infantil, e às 20h, aos adultos. À tarde é a vez dos grupos Fadas Magrinhas e Coisinha. O primeiro é um projeto solo das gêmeas Lulu e Aninha Araújo, que fazem um trabalho musical infantil genuinamente pernambucano, e o Coisinha é um projeto idealizado pelo músico China, que revisita o cancioneiro infantil dividindo os vocais com Lula Lira, Felipe S. e os demais membros do Mombojó.

À noite quem sobe ao palco é grupo Rabecado e a cantora Renata Rosa para apresentar o gênero Folk Music.

A programação:
28/10 – MPB Contemporânea – Os Sertões e Tibério Azul – 20h
29/10 – Instrumental – Hugo Linns e Saracotia – 20h
30/10 – Regional – Tonino Arcoverde e Beto Brito – 20h
31/10 – Experimental – Publius e NUME – 20h
01/11 – MPB e Música Infantil – Fadas Magrinhas e Coisinha – 16h
01/11 – Folk Music – Rabecado e Renata Rosa – 20h

Sem mais artigos