Todas as fotos: Divulgação

Todas as fotos: Divulgação

Por Diogo Carreira

As fotografias apresentadas nesse ensaio representam uma busca pela beleza onde, por “padrão”, ela não se encontra. Os modelos que posam para as imagens representam a si mesmos em posições orquestradas. A margem da sociedade, eles expõem sua identidade de maneira crua e direta. O fotógrafo, apesar de nunca dentro do quadro, parece ter uma relação íntima com o fotografado, em um jogo que beira a sedução.

Ziv Ish é um fotógrafo que vive em Tel Aviv, em Israel e foi formado pela Bezalel Academy of Art and Design em fotografia. Foi em Tel Aviv que Ziv Ish começou sua busca pelas pessoas que vivem a margem da sociedade como prostitutas, viciados em drogas e transxesuais.

Em entrevista, o fotógrafo coloca como a câmera tem por um lado o papel de justificar a contínua convivência com esses indivíduos marginalizados e, por outro lado, representar uma espécie de escudo protetor do fotógrafo. Notamos que esse trabalho não é o reflexo de um outro, de um turista, de um estrangeiro, que adentrar um terreno desconhecido.

Ziv Ish realmente mergulha na vida e rotina de seus retratados, compartilhando de seus sonhos e mazelas, o que torna suas fotos o mero produto final de um processo por si só muito mais complexo. Veja uma entrevista com ele. Abaixo mais imagens de sua série “Broken Beauty”.

Untitled, 2007

Untitled, 2010

04 - Ziv Ish Untitled 2012

05 - Ziv Ish Amnon 2013

06 - Ziv Ish The longing 2008

07 - Ziv Ish Untitled 2008

08 - Ziv Ish Untitled 2008

09 - Ziv Ish Untitled 2009

10 - Ziv Ish Cherry 2008

Leia mais artigos sobre fotografia
Feira da Quinta, de Iezu Kaeru
Fotógrafo espanhol explora a crise do macho
Anton Surkov e a explosão humana
Vincent J. Stoker, a síntese de lugares em 1 imagem

Mais de Diego Carreira
Entrevista Bruno Maron
Crítica HQ: Planeta Morto

Sem mais artigos