A cantora Britney Spears passou dos limites até para os parentes, que autorizaram ontem a internação da cantora na UCLA Medical Center de Los Angeles, noticiou o “The Sun”.

Depois de sair às cinco horas da manhã, Britney comprou energético e pílulas para constipação e, como de costume, dirigiu seu novo carro, sem rumo, por Los Angeles. Em um certo momento, a cantora parou no meio da avenida, saiu da Mercedes e disse aos fotógrafos de plantão que estava cansada, com medo e que queria ir para casa. Em seguida, andou para perto das árvores e começou a fazer caretas para elas e reclamar com sotaque britânico, imitando o jeito de falar do fotógrafo Adnan Ghalib, com quem ela estava saindo.

O médico da cantora foi acionado e, com a permissão da mãe e do empresário, decidiu interná-la. Lynne e Ghalib foram para o hospital.

A cantora recebeu escolta digna de F.B.I. para ser levada ao hospital: mais de uma dezena de motos policiais, dois carros de polícia e dois helicópteros. Há suspeitas de transtornos psicológicos e a cantora foi internada para avaliação.

Sem mais artigos