Começou na noite de ontem o 41° Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB), que segue até o dia 25 de novembro. Serão exibidos 52 filmes, selecionados para a mostra competitiva. Disputam o Troféu Candango seis longas e 12 curtas e médias-metragens em 35 milímetros e 34 filmes em 16 milímetros.

Para abertura, que aconteceu no Teatro Nacional, foi escolhido o longa São Bernardo, de Leon Hirszman, de 1972. Foi apresentada uma cópia restaurada do diretor morto em 1987 e teve uma obra sua exibida na primeira edição do evento.

Veja os longas de 35 mm que competem neste ano

À Margem do Lixo – Evaldo Mocarzel (SP)
FilmeFobia – Kiko Goifman (SP)
Ñande Guarani (Nós Guarani) – André Luís da Cunha (DF)
O Milagre de Santa Luzia – Sergio Roizenblit (SP)
Siri-Ará – Rosemberg Cury (CE)
Tudo Isto Me Parece Um Sonho – Geraldo Sarno (RJ)

Sem mais artigos