Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

ganha biografia escrita por , que demorou quatro anos em pesquisas e entrevistas sobre a cantora. O livro sai pela Master Books no próximo dia 17 deste mês.

Elis Regina – Nada Será Como Antes narra a vida da cantora desde seus primeiros dias em Porto Alegre, onde interpretava “Fascinação” ao lado das amigas nas escadarias de um colégio, até sua despedida trágica, aos 36 anos, quando estava prestes a, de novo, mudar tudo em sua vida.

O lançamento será na Livraria Cultura do Conjunto Nacional em São Paulo no dia 17 de março, data em que Elis faria 70 anos. No Rio, um evento está marcado para o dia 23 de março no Beco das Garrafas, endereço emblemático da MPB, onde Elis fez suas primeiras apresentações depois de sua saída de Porto Alegre.

Foram cerca de 125 pessoas entrevistadas, que trouxeram fatos nunca revelados sobre a cantora. Entre eles, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Ronnie Von, Jair Rodrigues, Dona Ercy (mãe de Elis), Toquinho, Rita Lee, Nelson Motta, entre muitos outros. Além disso, Julio também teve acesso à documentos restritos, como o inquérito policial da morte de Elis, e conta detalhadamente a cena.

“Não vivi a era de Elis. Quando ela faleceu, em 19 de janeiro de 1982, eu tinha nove anos de idade, e diante dessa personagem gigante, fui o que sou há 16 anos: repórter. Me joguei com o respeito que a história merecia, mas sem nenhuma tese a defender. Creio que o olhar descontaminado de paixões ou ódios ajude a traçar um perfil mais humano e menos divino”, diz Julio Maria, por e-mail.

Sem mais artigos