Chega em agosto às livrarias brasileiras, Amy Minha Filha, a biografia de Amy Winehouse escrita por seu pai, figura mais próxima à cantora desde o início de sua carreira. Mitch Winehouse narra a vida da filha, desde a infância, passando pelo estrelato ainda muito jovem até o seu vício em drogas e a morte prematura aos 27 anos, em 2011.

O livro vem recheado de fotos inéditas do acervo da família, e recria os momentos fatídicos de quando a família recebeu a notícia da morte da cantora. O lançamento é da editora Record e deve seguir o sucesso que a publicação recebeu quando foi lançado lá fora.

Amy Minha Filha traz também cartas escritas à mão por Amy Winehouse. Uma delas foi entregue à Mitch, em fevereiro de 2003, na época de seu primeiro disco, Frank.

A biografia reúne fotos inéditas e cartas escritas à mão pela cantora. Em uma delas, Amy demonstra seu carinho e bom humor ao conversar com o pai. A correspondência foi enviada em 14 de fevereiro de 2003, durante as gravações de seu álbum de estreia, “Frank”. “Querido papai, eu te amo muito e não posso esperar para te ver outra vez em algumas semanas”, diz Amy, em trecho citado pelo site SDRZ. Eu estou trabalhando, mas não gastei um centavo. Gastei alguns milhares de dólares, mas nenhuma moeda. Estou brincando”, diz.

A edição nacional ainda não teve preço de capa e número de páginas revelado.

Sem mais artigos