, HQ de sobre a violenta terapia de conversão da homossexualidade, está com segundo volume em campanha de financiamento coletivo no Catarse.

A trama mostra a vida de Acácio do Nascimento, um garoto diferente dos demais. Preferia brincar de boneca a jogar futebol, o bambolê lhe interessava mais que carrinhos e pistolas de cowboy. Assustados com a possibilidade de seu filho ser homossexual, os pais Mara e Galdino submetem Acácio desde os cinco anos de idade a diversos tratamentos para ele se tornar um menino normal como os outros.

No primeiro volume, foi retratada a infância e a adolescência de Acácio, a dificuldade de seus pais em lidar com uma questão que desprezam sem ao menos conhecer direito, as provocações de outras crianças na escola, o despertar de sua sexualidade e as cobranças para se encaixar nos padrões ditados pela maioria.

Neste segundo volume, acompanhamos Acácio da faculdade até o começo de sua vida adulta. Acácio se apaixona pela primeira vez por outro homem e fica dividido entre seguir seus instintos mais íntimos ou ir de acordo com o imposto pela a sociedade e se casar com uma mulher.

O segundo volume de Bendita Cura terá 96 páginas coloridas e formato 16x23cm. A previsão de entrega é dezembro deste ano.

Sem mais artigos