Rodolfo Vázquez em meio a sua coleção exposta no museu dos Beatles em Buenos Aires

A Argentina inaugurou o primeiro museu dedicado aos Beatles da América Latina. A coleção de 2.500 objetos sobre a vida e a discografia da banda inglesa pode ser visitado em um centro cultural a poucos metros do Obelisco, na avenida Corrientes, em Buenos Aires. Porém, a coleção não possui objetos pessoais do quarteto.

Todas as peças que estão expostas são parte do acervo do do colecionador Rodolfo Vázquez, de 53 anos, que possui a maior ‘memorabilia’ Beatle do mundo, registrado pelo livro Guinness dos recordes mundiais, com mais de 8.500 peças.

Entre os objetos exibidos está um dos 5.000 tijolos leiloados depois da demolição, em 1983, do mítico clube The Cavern, onde grupo lançou-se para a fama em 1961, em Liverpool. [Marta Souza]

Sem mais artigos