ESPECIAL COMO FERIADO
Com Longo Dia das Bruxas, Loeb e Sale criaram um novo estilo de narrativa e estilo para os quadrinhos
Por Paulo Floro

BATMAN – O LONGO DIA DAS BRUXAS
Jeph Loeb (texto) e Tim Sale (arte)
[Panini, 400 págs, R$ 95]

Mafiosos italianos tomam conta do crime em Gotham City enquanto o promotor público Harvey Dent e o Comissário Gordon, com a ajuda de Batman tentam livrar a cidades desses criminosos ao mesmo tempo em que precisam dar conta de um misterioso assassino. Pode parecer, mas este não é a sinopse do filme Batman – O Cavaleiro das Trevas, e sim da obra em quadrinhos O Longo Dia Das Bruxas, que a Panini lança esta semana nas livrarias. Desnecessário dizer que a HQ inspirou o longa de Christopher Nolan.

A trama é semelhante à descrita acima, com a diferença de que, o assassino em questão não é o Coringa – apesar dele aparecer na história – e sim Feriado, um vilão desconhecido que está matando gente ligada à máfia, sempre numa data comemorativa. A Panini se pautou pelo sucesso do filme nos cinemas para lançar o álbum, mas dada a importância da obra, seria relevante em qualquer época.

Foi aqui que a parceria entre Jeph Loeb e Tim Sale se tornou célebre. Anos mais tarde, usando a mesma narrativa e estilo, eles criariam as minisséries Demolidor: Amarelo, Hulk Cinza, Homem Aranha: Azul, e Capitão América: Branco, só este último ainda não publicado no Brasil. Loeb utilizou todos os elementos da mitologia Batman em uma trama muito linear e simples, mas com ótimos diálogos e narrativa ágil. Já Sale influenciaria outros artistas com seu traço fino, estilizado, sempre evidenciando as cores. O resultado foi uma HQ com aspirações noir que inventou um estilo dentro das comics americanas.

O Brasil já leu essa obra. A editora Abril a publicou em oito edições, reunindo os treze capítulos da obra original. Na época o lançamento foi impulsionado pelo prêmio Eisner de melhor Minissérie de 1998. Agora, a Panini, através de seu selo Panini Books lança uma nova edição encardernada, capa dura, ótima impressão e extras. Tudo isso culminou num preço nada convidativo: R$ 95. Mas O Longo Dia Das Bruxas tem sua importância dentro do universo Batman, além de ser indispensável em qualquer coleção.

NOTA: 8,5

Sem mais artigos