Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Começa nesta sexta a nova mostra da fotógrafa pernambucana , Edifício . A exposição é o resultado de pesquisa sobre as obras de arte em prédios da capital pernambucana.

Quem mora na cidade ou é visitante atento já deve ter observado que vários edifícios do Recife possuem obras de arte em sua entrada. Isto é definido pela Lei Municipal nº 7.427/61, numa iniciativa do artista plástico Abelardo da Hora, que determina que edificações com mais de 1000m² de área construída tenham um trabalho artístico de um pernambucano.

Essas obras foram objeto de pesquisa dos artistas Bárbara Wagner e , que agora expõem o resultado do trabalho na mostra Edifício Recife. Realizada através do Edital de Artes Visuais, da Prefeitura do Recife, a exposição entra em cartaz nesta sexta-feira, 17 de outubro, a partir das 19h, na Sala Nordeste, no Bairro do Recife. O público terá acesso à exposição de 18 de outubro a 28 de novembro.

EDIFICIO RECIFE ESCULTURAS_01

Inicialmente idealizadas para que a população da cidade pudesse ter acesso a elas de uma forma mais fácil, a grande verdade é que a maioria dessas obras se tornou privadas, restritas à contemplação apenas de moradores dos edifícios. Para saber como é essa relação, os pesquisadores foram até as edificações fotografar as esculturas e painéis e, também, conversar com aqueles que convivem com elas diariamente: os porteiros.

Essa etapa resultou na produção de 66 imagens captadas por Benjamin de Burca e Bárbara Wagner, que vão ser expostas na mostra Edifício Recife, acompanhadas das entrevistas feitas com os profissionais. A exposição ainda traz uma série com os porteiros desses prédios.

EDIFICIO RECIFE_ESCULTURAS_02

Com atenção à estética da arquitetura renderizada aplicada ao contexto do Nordeste, uma outra fase da pesquisa observa a relação entre texto e imagem utilizada na promoção de projetos imobiliários ainda em construção na região. Como uma videocolagem, Desenho/Canteiro estuda o vocabulário de aparências e slogans empregados na venda de empreendimentos privados, regidos pela lógica da exclusividade e da exclusão.

A entrada da exposição é gratuita.

DESENHO CANTEIRO_03

DESENHO CANTEIRO_02

Edifice

Sem mais artigos