Toda semana nossa equipe vai comentar as principais faixas lançadas na semana. Como todos os músicos e bandas costumam lançar novidades na sexta, esperamos ter essa seção atualizada no sábado cedinho. Você pode salvar nossa playlist no Spotify e também seguir nosso perfil por lá.

Justin Timberlake – “Filthy”

Ninguém pode dizer que Justin Timberlake se acomodou. Sua nova música, “Filthy”, caminha em uma direção diferente do que vinham sendo seus trabalhos anteriores carregados de uma emotividade positiva ou simplesmente festivas. Com uma batida electro-funk e toques de acid jazz, essa faixa produzida por Timberlake, Timbaland e Danja carece de imaginação, inovação. Ela é boa apenas no final: é modorrenta, arrastada e promete uma virada que nunca chega.

Mas ao menos soa como uma renovação no próprio estilo do músico, e isso sempre é louvável. A música veio com um clipe futurista dirigido por Mark Romanek onde Justin aparece como uma espécie de guru tecnológico ao estilo Steve Jobs, onde ele apresenta um robô que emula seus passos de dança. Curioso para o que vem por aí. Nem sempre o primeiro single de um disco reflete sua totalidade. Aguardemos.

Kendrick Lamar com part. de SZA – “All The Stars”

Que maravilha começar a semana com uma música tão boa como essa. Tem aqui tudo o que gabarita uma boa faixa pop: interpretação aliada a uma afinação incrível (SZA, pise menos), batidas e viradas que conduzem a audição sem solavancos, quase como uma narrativa perfeita, com início, clímax e final. As rimas de Lamar chegam logo após o refrão que abre a faixa e o rapper usa aqui sua voz mais assertiva, direta. “All The Stars” é a música-tema de Pantera Negra, filme de Ryan Coogler que estreia em fevereiro. E, como toda música de trilha sonora, ela cumpre seu papel quase catártico de servir como uma base afetiva para nos lembrarmos sempre das cenas do filme. Lamar vai produzir e fazer a curadoria da trilha sonora do longa. Isso dá ainda mais relevância a esse trabalho da Marvel: o aguardado filme do primeiro super-herói negro dos quadrinhos terá a trilha feita pelo mais importante artista negro no mundo hoje.

Luccas Lucco com Pabllo Vittar – “Paraíso”

Essa música foi tão falada, comentada, aguardada, que acho que isso possa ter prejudicado um pouquinho sua recepção. A união do sertanejo moderno de Lucco com o pop-pop-pop de Pabllo deu certo, mas a impressão é que podia ter ido além. A letra não tem muita imaginação e o refrão se vale da separação de sílabas do título, “te levo pro PA-RA-Í-SO”, seguido da Pabllo dizendo “eu vou/eu vou/eu vou”. Ainda assim tem uma batida que une muitos gêneros e mostra como o nosso pop anda sofisticado. É incrível ver como Pabllo Vittar é versátil. Nas últimas semanas já a vimos na mixtape de Charli XCX, em seu próprio álbum de remixes e agora nesse sertanejão-pop para as pistas.

Primeira semana de início de ano é assim mesmo, meio lenta. Por isso muitos singles e álbuns ainda não apareceram. De destaque ainda tivemos a nova do MGMT, “Hand It Over”, que é uma volta bastante aguardada para este ano, além de promessas como “Everyboy Wants To Be Famous”, do Superorganism. Teve ainda “Finesse (Remix)”, faixa de Bruno Mars com participação de Cardi B. A música é boa, mas não tem nada demais no que Mars já apresentou – o legal mesmo é a Cardi aparecendo.

Siga nosso perfil no Spotify e acesse aqui as faixas da semana, que serão atualizadas toda semana.

Sem mais artigos