Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

A intervenção urbana tem uma proposta que é quase um desafio nos dias que correm. O artista plástico pernambucano propõe um olhar sobre o espaço urbano, mas de uma maneira mais intimista. São cenas do cotidiano, não necessariamente “belas” ou turísticas, mas que merecem serem mais percebidas. Ele ocupa Garanhuns com fotografias feitas de uma ponta à outra do estado. A ação estreia domingo no .

Thiago França ocupa a cidade com fotografias de paisagens e cenas do cotidiano pernambucano emolduradas em 11 janelas de demolição. As obras são deixadas permanentemente nos locais em que são expostas e passam a compor a paisagem urbana.

“É uma exposição a céu aberto, no meio urbano. Utilizando materiais ao mesmo tempo banais e valiosos, toca o debate sobre a modificação do espaço ao abrir uma janela em um lugar remoto”, comenta Thiago, por email. Veja algumas obras. O FIG começou nesta quinta. Veja a programação completa.

DO OUTRO LADO 2

DO OUTRO LADO 6

Retrato 1 Thiago Franca

Sem mais artigos