O artista plástico recifense Rinaldo Silva abre sua nova exposição “Pedra riscada ou flor” no Café Castigliani nesta quinta (28), às 20h. A mostra, com curadoria de Bruna Rafaella Ferrer, é composta por séries de desenhos em papel e cerâmica, matrizes de gravura, gravuras e pinturas, além de esculturas em barro.

Os trabalhos foram selecionadas no amplo acervo do artista, com foco em destacar a astuta linha do desenho. A exposição conta com peças produzidas desde 2004 até recentes experimentos realizados pelo artista quanto participante do grupo Risco!, que se dedica ao desenho de observação de modelos vivos.

“A maioria dos objetos que integram a exposição foram deslocados do habitat de Rinaldo. Essas peças trazem marcas desde a origem de seu repertório poético, quando vivenciava estudos em arqueologia como uma experiência estética – expressa em carimbo de assinatura gráfica, até desenhos concluídos especialmente para ocasião da mostra”, diz a curadora Bruna Rafaella Ferrer. “São traços, registros, figuras, lampejos e símbolos conversados ou em constante burilar, que se encontravam às vistas e à mão, espalhados pelos corredores, estantes e mesas de sua casa e seu atelier, que passam então a serem compartilhados”, explica.

O Castiglini Café Parque fica na Estrada do encanamento, 323, Parnamirim. Recife.

Fotos: Leonardo Lacca.

Sem mais artigos