Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

O jornalista Arthur Veríssimo lança no sábado (7) seu novo livro, Gonzo – 30 Anos de Jornalismo Transcultural.

Ele estará na Livraria Cultura do Shopping RioMar, a partir das 17h. Ao todo são 30 reportagens, feitas entre os anos 1980 e 2013, que mergulham em experiências vividas por Arthur em países como Japão, Groenlândia, Haiti, Madagascar e muitos outros.

A escolha do título é uma referência ao jornalismo gonzo, estilo de narrativa originada pelo jornalista norte-americano Hunter S. Thompson, em que o narrador abandona qualquer pretensão de objetividade e se mistura profundamente com a ação descrita. Em Gonzo! Veríssimo entrevista gente como a lenda do boxe Teófilo Stevenson, em Havana, ou quando foi conhecer a Meca da Macumba no Maranhão; o vudu no Haiti; um xamã inuit de Kulusuk, na Groelândia; uma romaria fálica no Japão; ou Huancabamba, local sagrado do curandeirismo andino.

As reportagens são povoadas de seres enigmáticos, vozes das penumbras, bodes aterrorizados, eunucos em desvario, vacas sagradas, etc. A capa é assinada pelos irmãos Gustavo e Otávio Pandolfo, Osgemeos.

Nas palavras do jornalista Xico Sá sobre o livro “ler as aventuras do repórter Arthur Veríssimo é escancarar, a cada passo da narrativa alucinante, as portas da percepção. Uma experiência de transe jornalístico-literário sob a bênção de Hunter Thompson – o mago do estilo gonzo – e a pegada dos vagabundos iluminados da geração beatnik. O leitor se sente em uma espécie de As mil e uma noites adaptado para um freak show terminal. O público da revista Trip, fiel ao textos de Arthur, sabe o tesouro que ora recomendo. Quem ainda não conhece, vai pensar: como vivia sem essa viagem toda?!”.

Gonzo – 30 Anos de Jornalismo Transcultural tem 218 páginas e custa R$ 39,90.

Sem mais artigos