Três quadrinhos brasileiros estão indicados em um prêmio do Festival de Angoulême, o maior do mundo. A coletânea Amor em Quadrinhos, a revista Café Espacial e Maria Magazine concorrem ao troféu de melhor publicação alternativa. A cerimônia de entrega acontece no dia 27 de janeiro.

O prêmio de melhor quadrinho alternativo, voltado para fanzines e publicações independentes, é entregue desde 1982. Já o festival completa este ano 45 edições e reunirá exposições, master classes, seminários e feira.

O evento também possui uma seleção oficial de obras que competem pelo troféu de melhor álbum de quadrinhos, o mais importante prêmio do festival.

As duas obras brasileiras foram lançadas no ano passado. Amor em Quadrinhos, organizada pela quadrinista potiguar Milena Azevedo, reúne diversas histórias que adaptam poemas da jornalista e poeta Glácia Marillac. Participam as quadrinistas Germana Viana, Dika Araújo, Blenda Furtado, Daniel Brandão, Analu Medeiros, entre outros.

Maria Magazine traz histórias da personagem Maria, criada pelo quadrinista e pesquisador paraibano Henrique Magalhães. A obra saiu pela editora Marca de Fantasia, do próprio Henrique, que publica fanzines, HQs e livros teóricos de quadrinhos. Maria teve uma edição recente publicada em Portugal pela editora Polvo.

Já a Café Espacial é uma publicação independente que reúne quadrinhos, textos e poemas. Veja a lista completa de indicados ao prêmio no site do festival.

Sem mais artigos