Um novo livro de fotografias traz imagens inéditas de Amy Winehouse. Uma Amy feliz, saudável e cheia de sonhos, distante da imagem que a mídia tão violentamente explorou nos últimos anos de sua carreira. Feitas pelo seu amigo Blake Wood em Londres, Paris e St. Lúcia, a edição de fotos sai este mês pela Taschen.

Wood tinha 22 anos quando conheceu Amy Winehouse, no auge de seu sucesso. A cantora de 24 anos tinha recebido cinco Grammys, incluindo melhor canção para o hit “Rehab”. Eles se conheceram através de uma amiga em comum, Kelly Osbourne. Logo em seguida se tornaram inseparáveis. “Este livro é uma carta de amor para uma amiga. E um diário visual do tempo em que ela era muito celebrada pelo mundo, mas incompreendida”, disse Wood ao Guardian. “Ela era muito amada pelas pessoas ao redor dela e espero que isso transpareça no livro”.

Muitas das fotos foram tiradas durante um passeio à Santa Lúcia, em 2009, e mostram uma Amy bem diferente de seus clipes e imagens explorada pela imprensa. Diferem também da garota inocente e auto-destrutiva, destruída pelas drogas, mostrada no documentário vencedor do Oscar, Amy, de Asif Kapadia. “Ela era uma alma brilhante e amável que fez coisas incríveis e essas imagens enfatizam isso”, disse Blake na apresentação da obra à imprensa.

O livro tem 85 fotografias coloridas e preto e branco e custam US$ 40 (fora a importação). Pode também ser comprado na Amazon Brasil. https://amzn.to/2IRsBSI

Sem mais artigos