Vitor Araújo (Foto: Divulgação)

O Abril Pro Rock divulgou hoje as atrações da sua 16ª edição. Serão 25 bandas distribuídas em 3 palcos, nos dias 11, 12 e 27 de abril. Como já foi anunciado, este ano o evento entra numa nova fase. Além da mudança de local, do Pavilhão do Centro de Convenções para o Chevrolet Hall, a mais notável diferença são as atrações. Nomes como Violins (GO), Pata de Elefante (RS) e Sweet Fanny Adams (PE), entre outros, mostram uma renovação da cena independente nacional. Entre as bandas nacionais, apesar das especulações da presença de Sonic Youth, foram confirmadas os americanos hardcore Bad Brains e os neo-zelandeses The Datsuns.

Para o produtor Paulo André, é difícil implementar essa renovação no Recife, dado a quantidade de shows gratuitos que acontecem na cidade. “Recife é a maior casa de show aberta no Brasil. Temos que trazer algo novo que motive a pessoa a pagar por um ingresso”, afirmou. Este ano, o foco é mesmo o rock, por isso foram abolidas experiências anteriores que traziam nomes como Mestres do Forró, Orquestra Contemporânea de Olinda, Lia de Itamaracá, entre outras. Até mesmo o tradicional dia do Metal foi alocado para o dia 27, quinze dias depois, com shows dos alemães Helloween e Gamma Ray.

Vitor
A mais curiosa atração é o pianista Vítor Araújo. O músico tem formação clássica, mas influências do rock indie. Na sua última apresentação no Teatro de Santa Isabel tocou o hit “Paranoid Android”, do Radiohead. Ainda não é certo como será seu show, mas é uma possibilidade que ele toque entre o público, no chão.

O gaúcho Wander Wildner mostra uma nova fase de sua carreira, abandondo o punk-brega que o tornou famoso. Outros gaúchos prestigiados na cena indie também se apresentam, o Superguidis, o Júpiter Maçã e o Pata de Elefante. Entre as pernambucanas, a Sweet Fanny Adams toca músicas que estarão em seu novo EP, pronto para sair em breve e o Project 666, banda de Olinda é uma das revelações entre os amantes do rock pesado.

Completam as novidades, a cantora Céu, em sua primeira apresentação no Recife, Violins e Lobão. 10 bandas ainda serão confirmadas. Um concurso promovido pelo site Link Musical vai escolher 5 bandas do Nordeste e 5 de Pernambuco para se apresentar no festival.

Abrafin

Integrante da Associação Brasileira dos Festivais Independentes (Abrafin), o APR também promove a primeira reunião da entidade no Brasil. Com isso, recebe produtores de todos os principais eventos do país. Estão confirmadas as presenças do produtor Fabrício Nobre (MQN, Lucy and The Popsonics) e o representante do MySpace Brasil, Luiz Pimentel. O encontro abordará questões como produção de bandas, turnês, festivais e distribuição de música na web. Segunda-feira o festival divulga mais detalhes e programação das palestras.

Interpol e Mallu
Muitas especulações foram feitas sobre as atrações internacionais do Abril Pro Rock. Uma delas dizia que a banda americana Sonic Youth traria a turnê de 20 anos do disco Daydream Nation. O boato não se concretizou. Segundo a curadoria e o produtor Paulo André, duas bandas poderiam fazer shows aqui. O Interpol chegou a ser cogitado, mas o cachê pedido foi de R$ 100 mil. “Seria inviável apostar numa única banda com esse custo, sem saber se teríamos público para tanto”, disse PA. O hype Mallu Magalhães foi convidada, mas chegou a pedir uma exigência também inviável.

Confira a programação:

Sexta-Feira 11/04

21h – Abertura dos Portões

Palco 1
Mukeka di Rato (ES)
New York Dolls (EUA)
Bad Brains (EUA)

Palco 2
Project 666 (PE)
Zumbis do Espaço (SP)
Vamoz! (PE)

Palco 3
The Sinks (RN)
Banda do Link Musical

Sábado 12/04

Palco 1
Autoramas (RJ)
Júpiter Maçã (RS)
Céu (SP)
Wander Wildner (RS)
The Datsuns (Nova Zelândia)
Lobão (RJ)

Palco 2
Sweet Fanny Adams (PE)
Violins (GO)
Vitor Araújo (PE)
Rockassetes (SE)
Superguidis (RS)
Pata de Elefante (RS)

Palco 3
Banda do Link Musical
Erro de Transmissão (PE)
Barbiekill (RN)

Domingo 27/04
Helloween (ALE)
Gamma Ray (ALE)

Sem mais artigos