AGORA SÃO OS AFRICANOS

Anos atrás o mundo voltava seus olhos pro oriente e se regozijava ao descobrir Bollywood, um verdadeiro celeiro de produção cinematográfica encrustrado no centro da Índia. E todos viram que o país não é só mitos em torno de elefantes brancos, mendigos sagrados e sujos e vacas misticas imortais. A Índia fazia cinema. Ou melhor, tentava. Mas agora a bola da vez não é a ex-colonia britânica. No continente africano quem vem ganhando mais destaque é Nollywood. Pois é. A Nigéria está fazendo cinema. Se aproveitando de nomes e denominações bem americanizadas é verdade. Mas as câmeras estão lá, ao lado de túnicas, turbantes vermelhos, problemas sociais, ruas sem asfalto e bairros sem saneamento básico. Diálogos de amor, histórias de adolescentes, comédias românticas mostram que o continente africano não é apenas problemas sociais. Eles se divertem e sabem reconhecer o produto cultural interno. Quem traça um panorama desse celeiro cinematográfico é a repórter Isabella Valle. Convidamos também o comunicólogo Ivan Moraes Filho que fala um pouco dessa produção/ comunicação periférica.

Fomos em busca também do lançamento de Lush Life do americano Richard Price presença confirmadíssima na Feira Literária de Paraty. Esse por sinal é o primeiro romance dele que foi digitado no teclado. A gente também conferiu os lançamentos de Cindy Lauper, Aimee Mann e a completa incompetência do Guillemots com o segundo disco. Uma pena. Banda tão legal quando estreou.

Nesta edição 44 procuramos olhar um pouco para produção televisiva nacional e demos de cara com Mutantes, a continuação da novela Caminhos do Coração. Ela estréia na próxima terça-feira e está completamente imperdível. Muitas vezes custa crer que atores do quilate de Felipe Folgosi e Tuca Andrade toparam se dedicar a trabalho tão inglório e trash.

Bem é isso aí. Semana que vem O Grito completa um ano. E durante essa semana não perca dois grandes debates que estamos promovendo na livraria Saraiva. O primeiro sobre quadrinhos, na quinta-feira, e o segundo sobre literatura, na sexta. No sábado uma mega festa está pronta para brindarmos esse um ano de atividade.

Até lá!
Os editores

[+] VEJA O ÍNDICE DA EDIÇÃO 44

Sem mais artigos