CAETO
Por Paulo Floro

Um filho, um pai, um cachorro. Com esses três ele­men­tos tão sim­ples, o artista plás­tico e qua­dri­nista Caeto conta a his­tó­ria de sua vida na HQ Memória de Elefante, que a Companhia das Letras acaba de colo­car nas livra­rias, atra­vés do selo Quadrinhos na Cia. A obra remonta à tra­di­ção das graphic novels auto­bi­o­grá­fi­cas que se tor­na­ram gênero de pres­tí­gio den­tro dos qua­dri­nhos, como Persépolis de Marjane Satrapi, Epiléptico de David B., e Fun Home, de Alison Bechdel. Como isso não é comum no mer­cado naci­o­nal este pri­meiro livro de Caeto ganha relevância.

Entrevista Caeto
Entrevista Os Golpes, de Portugal
Vale Tudo
Cérebro Eletrônico | Deus e o Diabo no Liquidificador
A Banda de Joseph Tourton
Coleção: Mala Noche, de Gus Van Sant
Tropa de Elite 2
Daytripper

Sem mais artigos